Rakuten e Aliexpress criam juntas parceria de afiliação

mãos negócios preto e branco

Rakuten Marketing anuncia nova integrante no seu programa de afiliados no Brasil. Para a empresa japonesa (Rakuten), o acordo representa uma forte estratégia para sua consolidação no Brasil e para a companhia chinesa, a garantia de mais de 16 mil afiliados no país.



Programa de Afiliados

Os Programas de Afiliados são plataformas, geralmente sites da internet, onde afiliados (publishers) e empresas podem fazer acordos nos quais os afiliados se comprometam a colocar propaganda, que podem ser banners, links ou blocos de anúncios, nos seus respetivos perfis, canais ou sites. Na venda de cada um dos produtos promovidos, o afiliado ganha uma comissão.

E, como funciona no Brasil?

No Brasil, o marketing de afiliados vem crescendo progressivamente já faz cinco anos. Grande parte da responsabilidade deste crescimento foi da empresa Hotmart. Mais recentemente, graças a entrada de empresas multinacionais como Amazon ou Aliexpress, o usuário que quer fazer uma estratégia deste tipo, tem à sua disposição várias opções para escolher o melhor programa de afiliados.

Afiliado Aliexpress

Com um registro no seu programa de afiliados, na Aliexpress o publisher vai ter direito a importantes comissões, quando comparadas com outras empresas que ainda estão iniciando no Brasil, como a Amazon.

Contudo, a gigante chinesa conseguiu criar programas B2B de afiliados. Isto é, estabelecer acordos com outras empresas para aumentar seu número de afiliados no país. A sua nova parceria com a Rakuten, especialista neste tipo de marketing, representará para a companhia chinesa o acesso de mais de 16 mil usuários afiliados em todo o país.

Rakuten Marketing

A operação, que foi iniciada em 2014, já representou uma média de mais de 50% de crescimento ao ano para a empresa japonesa. Segundo revelou Luiz Tasinho, country manager da Rakuten Marketing no Brasil, "Os afiliados da Rakuten estão com uma expectativa muito grande para começar a trabalhar nas campanhas da Aliexpress e convertê-las em vendas".

A dupla asiática pretende unir esforços para obter melhores resultados a curto, médio e longo prazo. Somente durante o festival de compras desta segunda-feira (11 de novembro), houve um aumento de 15% do volumem de pedidos, comparado com campanhas diárias convencionais. O próximo passo para as duas companhias será a conquista da Black Friday, que pretende trazer interessantes ofertas para os consumidores e importantes comissões para afiliados.

Atualizado em