TáxiGov | App do Governo Federal para transportar servidores

Táxi Gov App

O TáxiGov é um aplicativo do Governo Federal, administrado pela Central de Compras do Ministério da Economia com o intuito de economizar gastos referentes ao deslocamento dos servidores públicos federais a serviço do trabalho. Além de diminuir as despesas dos cofres públicos com o transporte terrestre, o aplicativo também é uma forma de tornar mais transparente o uso do dinheiro público e de aumentar a eficiência do serviço prestado, que contará com uma única frota de carros. Mais de 80 órgãos públicos federais já adotaram o aplicativo TáxiGov para solicitar corridas de táxi, quando necessário. Neste artigo, vamos te mostrar tudo sobre o app: como funciona, onde já está disponível, como fazer para aderir, quais são os dispositivos compatíveis e muito mais.


TáxiGov: O que é?

Taxi Gov

O TáxiGov é um aplicativo que pertence ao Governo Federal, voltado exclusivamente para a contratação do serviço de transporte público terrestre (táxis), para os servidores públicos e colaboradores que precisem se deslocar por motivo de trabalho.

O objetivo do aplicativo é gerar economia para os cofres públicos no que diz respeito aos gastos com transporte dos servidores federais a serviço da administração. Além disso, a nova tecnologia torna o serviço mais transparente e eficaz, com a unificação da frota disponível.

O aplicativo começou a ser utilizado em 2017, apenas em Brasília. Mas, atualmente já está funcionando nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Cuiabá. Outras capitais do país também vão ser beneficiadas com a adesão ao TáxiGov, como Recife, Natal, Porto Alegre, Florianópolis, Salvador, Porto Velho, entre outras.

Os servidores podem solicitar as corridas utilizando o TáxiGov via web (no computador) ou através do aplicativo para celulares e tablets.

O app TáxiGov está disponível para dispositivos Android e iOS. Faça o download grátis na Google Play Store ou na App Store.

A administração do serviço prestado pelo TáxiGov fica por conta da Central de Compras do Ministério da Economia.

como funciona o Táxi Gov app

Como funciona o Táxi Gov App?

Quando o órgão governamental que você trabalha aderir ao TáxiGov, você vai fazer parte dos servidores beneficiados com o novo serviço.

Dessa forma, você vai receber no seu e-mail institucional um link para entrar no TáxiGov, com a permissão para que você modifique sua senha e informe os seus dados pessoais para criar uma conta.

Se quiser iniciar uma viagem, você tem duas opções: solicitar pelo aplicativo ou pela web.

  1. Como solicitar uma viagem pelo app TáxiGov: Primeiro, você deve abrir o aplicativo e inserir o endereço para onde pretende ir. Em seguida, clique na opção “avançar” e informe o motivo do seu deslocamento. Pronto! Sua viagem será iniciada.
  2. Como solicitar uma viagem pelo site do TáxiGov: (I) Primeiro, acesse o site TaxiGov; (II) Faça login com seu nome de usuário e senha; (III) Digite o seu telefone; (IV) Clique na opção “selecionar” e informe o endereço do destino; (V) Diga qual é o motivo de uso do táxi.

Quem pode usar o aplicativo TáxiGov?

O app TáxiGov é para uso exclusivo dos servidores públicos e colaboradores que façam parte de órgãos pertencentes ao Poder Executivo Federal da Administração Pública direta, indireta e também de autarquias e fundações.

A utilização dos serviços prestados pelo aplicativo destina-se apenas aos servidores e colaboradores que precisem se deslocar por motivo de trabalho.

Como os órgãos públicos podem fazer parte do TáxiGov?

Se o órgão público fizer parte da Administração Direta do Distrito Federal: será realizado um contrato com a Central de Compras do Ministério da Economia. Todo o gerenciamento do serviço, como fiscalização e pagamentos serão de responsabilidade da Central de Compras.

Mas, se a instituição pública fizer parte da Administração Indireta ou da Administração Direta em outras localidades que não o Distrito Federal, a contratação do TáxiGov será feita mediante adesão à ata de registro de preços. E o contrato feito diretamente com a empresa. Nessas condições, a administração do serviço e o pagamento ficam por conta do órgão contratante.

Em quais cidades o TáxiGov funciona?

O aplicativo TáxiGov já está em funcionamento no Distrito Federal e nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Cuiabá.

Mas, de acordo com o site oficial do Governo Federal, outras capitais brasileiras também serão contempladas com o serviço. São elas:

  1. Campo Grande (MS) - a partir de março de 2021
  2. Florianópolis (SC) - a partir de dezembro de 2020
  3. Salvador (BA) - a partir de dezembro de 2020
  4. Recife (PE) - a partir de abril de 2021
  5. Natal (RN) - a partir de janeiro de 2021
  6. Porto Alegre (RS) - a partir de janeiro de 2021
  7. Porto Velho (RO) - a partir de janeiro de 2021

Que tipos de deslocamento são permitidos com o TáxiGov?

É permitido o uso do app TáxiGov pelos servidores públicos federais nas seguintes situações:

  1. Para deslocamentos a serviço da administração pública para participar de reuniões, realizar entrega de documentos, fazer visitas técnicas, participar de capacitações e demais atividades que façam parte do trabalho.
  2. Para viagens, desde que estas sejam dentro do local onde o servidor seja lotado.

O que é proibido fazer com o TáxiGov app?

Confira a seguir o que os servidores não podem fazer utilizando o TáxiGov:

  1. Corridas por interesse pessoal (seja para passeio, lazer ou viagens)
  2. Deslocamento entre a residência do servidor e o órgão onde trabalha (a única exceção é para localizações desprovidas de transporte público ou locais de difícil acesso)
  3. Viagens fora do horário de funcionamento da repartição
  4. Corridas durante os finais de semana
  5. Viagens para locais que estejam fora da lotação do servidor ou colaborador
  6. Corridas para aeroportos, no caso do servidor que já recebe adicionais para embarques e desembarques
  7. Transportar pessoas que não façam parte da administração pública federal

Quem paga a conta do TáxiGov?

As contas do TáxiGov são pagas pelo próprio governo e os servidores não precisam se preocupar com os custos de suas viagens.

Desde que o governo federal adotou o aplicativo TáxiGov, os cofres públicos já conseguiram atingir uma economia de mais de 26 milhões de reais, juntando as viagens feitas no Distrito Federal e nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

De acordo com os dados oficiais divulgados pelo governo federal, foram, ao todo, foram realizadas mais de 600 mil corridas e desfeitos 135 contratos para este tipo de serviço.

FAQ Taxi Gov

FAQ Taxi Gov | Principais dúvidas

Quais dispositivos são compatíveis com o TáxiGov?

O TáxiGov é compatível com dispositivos móveis Android e iOS, como celulares, iPhones e tablets. Você também pode acessar o serviço no seu computador, utilizando a versão para desktop, através do site www.taxigov.gov.br que é compatível com os navegadores Safari, Firefox, Google Chrome e Microsoft Edge.

Como cancelar uma corrida no TáxiGov?

Se por algum motivo você precisar cancelar uma corrida do TáxiGov, poderá fazer isso sem ônus aos cofres públicos se cancelar após, no máximo, 5 minutos depois de ter solicitado a viagem. Caso você cancele após os cinco primeiros minutos, a administração pública terá que pagar o valor mínimo da corrida do aplicativo. Para esclarecer alguma dúvida relacionada ao app TáxiGov, escreva para o e-mail central.servicos@planejamento.gov.br

O servidor tem que pagar a corrida do Táxi Gov?

Não, o estado é responsável por arcar os gastos gerados pelo transporte através da plataforma Táxi Gov.

Atualizado em